quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015


"Será que fica bom?"

Quando eu decidi cortar os cabelos e fazer o meu Big Chop, a minha principal neura era por ser gordinha.

Desde criança somos impulsionadas a uma estética de compensação.

Quem nunca ouviu "Ela é gordinha mas tem um rosto lindo", ou "Ela é gordinha, mas tem um cabelo de dar inveja" e etc?

Como se um cabelo longo compensasse o fato de você estar acima do peso ou se você está cheinha ou cheiona, pelo menos tem um rosto belo para se consolar...

Acontece que quando cortamos o cabelo, temos que buscar a feminilidade dentro de nós, em outras atribuições.




Não temos mais aquelas madeixas pra jogar pro lado ou colocar pra trás da orelha, quando queremos fazer charme pro rapaz da mesa ao lado, nem quando queremos esconder as bochechas vermelhas de vergonha.

Você escolhe suas roupas, acessórios, maquiagem para que tudo harmonize-se com os cabelos curtos.
Sim, uma mulher de cabelos curtos é mais exposta, ela é notada por onde passa e vista como é.




Quando estamos acima do peso, temos a tendência a nos escondermos e os cabelos curtos não permitem (ou pelo menos dificulta) que isso aconteça.

Mas acontece que gordinhas de cabelos curtos são lindas. 

Não por serem gordinhas, não por terem os cabelos curto, mas por se permitirem se mostrar como são, por serem elas mesmas.



Eu posso dizer que cortar os cabelos foi um rito de passagem, uma lição de aceitação que tenho todos os dias.

A cada centímetro que meu cabelo cresce, eu percebo o quanto fortaleço a aceitação com a minha aparência atual e nem acredito que só falta um mês pra eu completar 1 ano do meu Big Chop, como passou rápido!

Portanto não esconda-se, não crie muros envolta de você, não se puna por não se encaixar nos padrões que a sociedade estipula.

Você é livre pra ser você mesma!

Bjsss.


2 comentários:

  1. Lindas as moças que você escolheu e lindo o texto! Confesso que eu amava demais seu cabelão enorme e enrolado hehe, mas tá linda com ele curtcheeenho também :)
    Beijos!

    Diva de Brechó

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amava e sinto a maior saudades dele, hoje se ainda o tivesse, faria algumas coisas diferentes, creio que saberia cuidar dele melhor.
      Mas só saberia cuidar dele melhor justamente porque passei pelo processo de alisamento, transição e big chop ou seja, foram processos necessários.
      Fora que eu também curti a fase do cabelo liso: cabelão, franja, repicado, chanel. Assim como optei por curtir ele curtinho e cada fase do crescimento dele.
      Quando você opta por curtir e aproveitar ao invés de se lamentar, o cabelo vira uma diversão, uma arma aliada.
      Olho meu vídeo do Big Chop e minhas fotos de qando cortei e até bate ma vontade de cortar de novo, mas vou deixar ele crescer, cada cachinho que se forma é uma alegria, é a natureza dando olá.
      Espero te ver sempre por aqui, Ge.
      Seja bem vinda.
      Bjsss.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Postagens populares

Vídeos Recentes

Receba o Feed